Sábado, 23 de Julho de 2005

A tua luz

É a noite pura
do verde mar
onde tentas viajar
neste bloco de gelo
és o prisioneiro das tuas decisões
onde te vês
atras da luz...
A diferença
de um simples adeus
onde viajas
nas tuas emoções...
Fica alucinado com o brilho
do mar
da noite
da lua
do mundo
e dos meus olhos.

além o sol a nascer
de novo,
o sonho.
Andas pelas voltas do mundo
perdido
e corres encadeado
pela luz dos olhos teus
regressas de mais um dia
para começares a viajar no doce perfundo
que envolve o teu lugar.
publicado por mithus às 20:04
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 26 de Julho de 2005 às 01:49
Para quem foi escrito este poema? ;)Cláudia
</a>
(mailto:)


Comentar post