Segunda-feira, 4 de Julho de 2005

São os gatos, à noite

De noite,
de noite é que os gatos se transformam.
São os mutantes
deste mundo.
Dormem ao relente
perseguem os caminhos sinuosos dos trilhos.
Correm para o mar
saltam na corda bamba sem terem medo.
São os gatos
que vivem as suas sete vidas no seu limite.
Seguem os seus instintos sem nunca desistir
Encaram as mudanças sem cair
São os gatos, à noite
que tecem o destino
que vivem intensamente
que sorriem de dia
e amam à noite
são eles que
com a sua visão
nos mostram a alegria
da sua coragem.
publicado por mithus às 17:15
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O dia em que os anjos per...

. Para "The Perfect Woman"

. É a ausência do visível, ...

. A história da ponte dos a...

. Quero-te, numa noite de V...

. Somos um

. Luz da minha vida...

. Imaginarium of the ALIEnS

. ...oo00O...ALIEnS...O00oo...

. A rosa da tua vida

.arquivos

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds