Segunda-feira, 11 de Abril de 2005

slowly

Devagar
vais correndo
como a vida no viajar
vais crescendo lentamente
como canto do teu mar

vais
querer
ser o mundo a girar
vais viver
a beijar
um meio brilhar
vais vivendo
como as estrelas
a sorrir ao luar

bem devagar
vais querendo
estar no teu devido lugar

e a correr para o mundo
queres mostrar
o teu cantar
de sorte
e risos
das crianças que abrassas
o teu amar

e o anjo
que chora
por cantar
a musica
da vida
a guitarra a flutuar
as notas a vibrar
na esquina
que vês
ali mesmo
ao virar
aqui
agora
eu sei
que o teu brilho está a tocar
as melodias
que gostas
são a vida de uma flor
ao vento a navegar.
publicado por mithus às 22:33
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. O dia em que os anjos per...

. Para "The Perfect Woman"

. É a ausência do visível, ...

. A história da ponte dos a...

. Quero-te, numa noite de V...

. Somos um

. Luz da minha vida...

. Imaginarium of the ALIEnS

. ...oo00O...ALIEnS...O00oo...

. A rosa da tua vida

.arquivos

. Março 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds